Não Conhecemos o Evangelho de Jesus Cristo…
2 de agosto de 2011
Família: Instituição que é desvalorizada pelo mundo, mas que foi criada por Deus…
18 de agosto de 2011
Mostrar tudo

NOSSAS CONQUISTAS SÃO GARANTIDAS PELO SENHOR…



“Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei.”(Josué 1:5)


Lembrar de conquistas de homens de Deus do passado fortalece nossa fé. Josué foi chamado por Deus para suceder Moises e dirigir o povo de Deus à conquistar Canaã. Deus faz uma promessa para Josué, fazendo ele lembrar de como foi com Moises, e que também não o desampararia.

Josué junto com o povo de Deus deveriam se esforçar para conquistar Canaã, a terra prometida terrena, mas hoje nós devemos nos esforçar para herdar a Canaã celestial. Assim como o Senhor foi com Josué no passado, Ele está conosco hoje nos orientando segundo a sua palavra.

“Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes,
nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por
onde quer que andares” (Js. 1.9).

O livro de Josué nos relata a conquista da terra prometida, Deus fizera uma promessa a Abraão, de que sua descendência iria herdar a terra de Canaã, e chegara à hora de cumprir com sua palavra, Deus havia escolhido Moises para libertar o seu povo do Egito, mas Deus não permitiu que Moises passasse o Jordão com o seu povo, pois ele dera ouvidos as murmurações no deserto, Moisés morreu tendo apenas observado de longe a terra, mas Deus agora chama Josué e anima-o para esta tarefa: conquistar a terra prometida. No entanto Deus coloca algumas condições para que Josué tivesse uma vida de conquistas, e essas mesmas condições servem para nós hoje.

1. Devemos andar na presença de Deus para ter uma vida de conquista.
  (Josué 1:5)

“Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei.”(Josué 1:5)

Deus prometeu estar com Josué todos os dias da sua vida, Moises foi vitorioso na presença do Senhor e agora é a hora de Josué vencer e conquistar, mas Josué só teria êxito na sua tarefa se ele estivesse na presença de Deus.

· Nada podemos fazer sem Jesus(Jo. 15.5).

· Só temos uma vida de conquista se andarmos na presença de Deus. (Gn. 17.1)

· “Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8 : 31)

Em toda a história de Israel, enquanto o povo estava na obediência com o Senhor, era um povo vitorioso, mas bastava voltar as costas para o Senhor e perdiam batalhas, eram escravizados, pragas atingiam o povo. (Juizes 2:11-23, Números 21 : 6)

Quando estamos na presença do Senhor, podemos clamar pois:

· Ele ouve nossas orações quando clamamos(Sl.27.7).

· Ele promete livramento aos que o amam de verdade(Sl. 91.14)

· Ele será para nós como alto refugio no tempo da angustia. (Sl. 9.9,10)

· O Senhor nunca nos trairá ou nos abandonará (Hb. 13.5,6).
· Ele é o nosso amigo nas horas incertas, no dia mau. Nunca nos deixa só (Sl. 56.4).

2. Devemos nos esforçar se quisermos ser conquistadores.
(Josué 1:6 e 9)
“Esforça-te e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria.”
“Não to mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares.”
         Para que Josué conquistasse a terra prometida ele deveria se esforçar, assim como ele nós também, para obtermos uma vida vitoriosa não podemos medir esforços.
         O cristão deve esforçar-se lutando contra as artimanhas do diabo e sair vencedor. Foi esta a recomendação de Deus para Josué e é a mesma para nós hoje. “Ninguém que lança mão do arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”(Lc. 9.62b)
         Todos homens que Deus escolheu para Conquistar algo, precisaram ser corajosos.
·       Moises precisou de coragem para confrontar Faraó.
·       Josué sabia que os povos de Canaã, eram poderosos na guerra, sabia que ele teria que enfrentar gigantes, destruir muralhas, lutar contra numerosos exércitos, enfim ser corajoso o bastante para vencer tudo isso. Ele foi um dos espias que espiaram a terra, quando ainda Moises era vivo.(Nm. 14.6-9)
·       Os Juizes de Israel também eram homens corajosos: Otniel, Eúde, Sangar, Débora, Baraque, Gideão, Jefté, Elom, Abdom, Sansão e Samuel.
·       Davi lutou contra o Gigante Golias somente com uma funda e cinco pedrinhas do ribeiro.
·       E muitos outros homens corajosos, reis, profetas, soldados, homens e mulheres que não tiveram medo do adversário  mas lutaram até o fim na presença do Senhor.
3. Devemos ter um relacionamento intimo com a palavra de Deus.
(Josué 1:6 e 9)

“Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo para teres o cuidado de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares.”
“Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás.”
         O Senhor Jesus disse que o homem erra por não conhecer as Escrituras (Mt. 22.29)(salmos119.105). Por isso devemos aplicar a Palavra:
1. No nosso agir
Muitos dos nossos fracassos, estão relacionados à forma de nos conduzir. Agimos fora da direção de Deus e depois ficamos lamentando e culpando-o. O Senhor exorta Josué: “Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito” (v. 8a). Tudo o que fizermos por palavra ou por obra deve ter a aprovação do Senhor (Cl. 3.17), de outra forma não podemos esperar a sua bênção.

2. Nos nossos pensamentos

Quando Deus ordenou que Josué meditasse na sua lei de dia e de noite (v. 8) Ele tinha razões óbvias, Josué precisava pensar com a mente de Deus. Meditar na Sua Palavra significa alimentar o espírito absorvendo a vida que nela há. Os pensamentos do Senhor não são os nossos pensamentos (Isaias 55:8). Por isso há necessidade de inculcar em nós a sua Palavra e, então passaremos a entender os seus desígnios.


3. Nos nossos caminhos
Os nossos caminhos não são os caminhos do Senhor (Is. 55.8)Se Josué tivesse tomado outra direção, diferente daquela estabelecida por Deus, certamente não teria conquistado nada, visto que estaria andando contra a vontade divina. Israel precisava seguir o rumo certo observando os critérios de Deus a fim de possuir a terra da promissão. O Senhor ordenou que se observasse a sua Palavra, “porque então farás prosperar o teu caminho” (v.8)O cristão deve andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo (Cl. 1.10), e desviar-se do caminho dos pecadores (Sl. 1.1-2).

Conclusão:
         O Senhor garante nossa vitória… 

      Quando:
  • Andamos na presença Dele
  • Nos esforçamos
  • Observamos e praticamos sua palavra.

Autor: Thiago Vieira Machado (Thiaguinho)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *